Primeira-dama busca reativar programa Criança Feliz

23 de abril de 2021 | Arquivado em Geral | 516 views

A primeira-dama e ex-prefeita de São Sepé, Júlia Vargas, participou de uma videoconferência na tarde desta sexta-feira, 23 de abril, com o Deputado Federal Osmar Terra.

Entre os assuntos abordados no encontro online, foi tratado sobre a inclusão de São Sepé no Programa Criança Feliz e a possibilidade de uma visita do parlamentar no município. O deputado Terra foi Secretário Estadual da Saúde que implantou o PIM e Ministro da Cidadania que criou o programa Criança Feliz.


Conforme informado pela assessoria do parlamentar, em 2018 São Sepé tentou a inscrição no programa, sem resultado positivo. Com isso, Terra ficou encarregado de auxiliar o município a concluir a inscrição neste ano. “O PIM – Primeira Infância Melhor, de São Sepé, foi um programa pioneiro, de referência na inovação e criatividade, principalmente pela participação da comunidade”, destacou Terra.


O Programa Criança Feliz surge como uma ferramenta para que famílias com crianças entre zero e seis anos possam oferecer meios que promovam o desenvolvimento integral.

É uma estratégia alinhada ao Marco legal da Primeira Infância que traz as diretrizes para a formulação e a implementação de políticas públicas para a primeira infância em atenção à especificidade e à relevância dos primeiros anos de vida no desenvolvimento infantil e no desenvolvimento do ser humano.


“A ideia da adesão ao programa é incluir crianças que não são atendidas pelo PIM em São Sepé; e principalmente, promover atividades que criem relações com as famílias”, apontou a primeira-dama.


Na ocasião, Júlia ainda convidou o Deputado Federal para visitar a Unidade Terapêutica do município. Terra comprometeu-se a vir a São Sepé nas próximas semanas para conhecer as instalações da instituição.
Atualmente, o local possui disponibilidade para atender 25 mulheres dependentes químicas.

O parlamentar também irá em busca de uma emenda que possibilite a ampliação de convênios e números de vagas na Unidade. “A Unidade Terapêutica de São Sepé atende mulheres de todo o Estado, incluindo uma argentina.

As ações que envolvem as famílias são de grande importância para garantir uma prevenção na retomada da circulação das pessoas”, concluiu Júlia.


Mapa do Site

Fale Conosco

Fale conosco

Nome (obrigatório)

E-mail (obrigatório)

Mensagem