Enquete

Quem da dupla Grenal vai se dar melhor em 2021?

Ver resultado

Loading ... Loading ...

Previsão do Tempo


Polícia Civil captura um dos criminosos mais procurados do RS

12 de março de 2021 | Arquivado em Polícia | 1.440 views

Um dos criminosos mais procurados e líder de uma facção criminosa gaúcha foi capturado pela Polícia Civil. O anúncio da prisão ocorreu na manhã desta sexta-feira. A detenção do foragido, de 28 anos, vulgo Tiago Pequeno, foi efetuada por agentes do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), junto com a DPHPP de Gravataí e a 3ª DPHPP de Porto Alegre, na noite de quinta-feira na praia de Itapema, no Litoral Norte de Santa Catarina.

Com cinco mandados de prisão em aberto e uma condenação, Tiago Pequeno estava em um imóvel de alto padrão situado de frente para o mar, na Meia Praia. Um veículo de luxo Mercedes-Benz GLA 200, usado por ele, foi apreendido, além de uma quantia em dinheiro. O criminoso estava na companhia de uma mulher no local, mas nenhum segurança dele estava junto no momento da ação policial.

“Este indivíduo é líder expressivo de uma das maiores organizações criminosas e o segundo na escala hierárquica da facção. Para nós era considerado o foragido número um do Estado. Ele era um dos únicos líderes de facção que ainda estava solto”, avaliou a diretora do DHPP, delegada Vanessa Pitrez, na manhã desta sexta-feira. 

Ela observou que foi “um trabalho exaustivo e minucioso da divisão de inteligência do DHPP” e que “não foi fácil encontrá-lo”. Além de Itapema, os policiais civis estiveram durante as investigações sobretudo em Capão da Canoa, Gravataí e Cachoeirinha. “Ele é de alta periculosidade e com grande poder econômico na estrutura da organização criminosa. Era procurado não apenas pelo DHPP, mas também pelo Denarc e Deic”, frisou a delegada Vanessa Pitrez.

Já o diretor da Divisão de Inteligência Policial e Análise Criminal do DPHPP, delegado Eibert Moreira Neto, agradeceu o apoio da Polícia Rodoviária Federal e Polícia de Civil de Santa Catarina. Ele destacou ainda que a prisão do foragido foi efetuada pelo delegado Ricardo Milesi, titular da DPHPP de Gravataí, que viajou para Itapema.

“No início deste ano, a investigação ganhou corpo o processo de localização de Tiago Pequeno e conseguimos apontar o imóvel que ele fazia uso em Itapema”, relatou o delegado Eibert Moreira Neto. “Na noite de quinta-feira tivemos a confirmação que o criminoso voltou para Itapema”, acrescentou.

Imóvel onde estava o bandido ficava de frente para o mar

Foto: Polícia Civil / Divulgação 

ANTECEDENTES

Conforme a Polícia Civil, Tiago Pequeno é investigado como coautor de 11 homicídios. Um dos crimes teve como vítima um empresário em 31 de novembro de 2019. A vítima foi executada por engano, com cerca de dez tiros, dentro do veículo na rua Bartolomeu Bernardi, no bairro Anchieta, em Porto Alegre.

O foragido está envolvido também em um ataque ocorrido na saída de uma casa noturna na avenida Sertório, quase esquina com a rua Voluntários da Pátria, no bairro Navegantes, na Capital, em 18 de abril de 2018. Duas pessoas foram mortas e outras três ficaram feridas na saída da festa. Uma das vítimas assassinadas ocupava cargo de liderança de um grupo rival.

Tiago Pequeno possui também mandado de prisão definitiva por furto a estabelecimento bancário, além de possuir dois mandados de prisão preventiva pela prática de homicídios cometidos em Porto Alegre. Além disso, o foragido foi indiciado pela participação no roubo a uma empresa de transporte de valores ocorrido no bairro São Geraldo, em 1º de abril de 2018. Na ocasião, ao menos cinco funcionários da empresa foram feitos de refém e foram levadas armas, coletes balísticos e dinheiro da sede da empresa.

O criminoso é irmão de um vereador eleito no último pleito eleitoral em Cachoeirinha, investigado pelo Ministério Público do Rio Grande do Sul, sob a suspeita de ter a sua campanha financiada pela facção.  


Mapa do Site

Fale Conosco

Fale conosco

Nome (obrigatório)

E-mail (obrigatório)

Mensagem