Enquete

Você aposta na classificação dos times gaúchos na Libertadores 2020?

Ver resultado

Loading ... Loading ...

Previsão do Tempo


Trevo da BR 392 (Uglione), em Santa Maria, opera com alteração de fluxo

19 de novembro de 2019 | Arquivado em Geral | 313 views

A Superintendência Regional do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT/RS), por meio da Unidade Local de Santa Maria-RS, alerta motoristas que desde às 9h, desta terça-feira (19/11),alça de acesso ao trevo da BR-392, sentido São Sepé – BR 158 passou a operar com desvio de fluxo. Veículos que trafegam neste sentido estão sendo direcionados para uma nova pista que foi sinalizada e pavimentada ao lado da existente. Os demais sentidos e acessos da rotatória permanecem inalterados. De acordo com a programação do Consórcio Continental-Sogel, responsável pelas obras no local, a intervenção é necessária para viabilizar a construção dos pilares do novo viaduto em execução. Conforme o projeto, existe a necessidade de escavar a pista antiga para implantação do viaduto. Dessa forma, foi criado um desvio lateral ao lado da pista, permitindo realização dos trabalhos sem a necessidade de interromper totalmente o trânsito. Viaduto da BR-392 No local, o DNIT executa no local a maior Obra de Arte Especial do projeto da Travessia Urbana de Santa Maria-RS. Trata-se de um viaduto em três níveis que após concluído segregará o trânsito urbano, do fluxo que utiliza a rodovia tanto para região Sul do Estado, quanto para Fronteira Oeste. Com o fluxo intenso e sem a possibilidade de bloquear o trânsito tolamente para realizar a obra, a Unidade Local do DNIT/RS adotou como estratégia executar o projeto em etapas e com isso necessita implantar desvios temporários no trânsito, que devido a quantidade de veículos circulando pelo local ocasiona picos de lentidão.

Como forma de amenizar os transtornos, os trabalhos no viaduto que ligará as BR-158/RS e BR-287/RS, sentido Santa Maria-São Pedro do Sul, foram priorizados. Dessa forma, o DNIT trabalha com a possibilidade de liberar o trânsito por cima deste viaduto até o final de 2019, diminuindo a quantidade de veículos que necessitam utilizar a rotatória. O DNIT reconhece que obra causa transtornos e por isso solicita a compreensão dos usuários da rodovia e da comunidade. O projeto garantirá mais segurança para condutores e pedestres, eliminado pontos de conflitos existentes hoje. Serão executados passeios públicos e todo o trecho será iluminado.

Crédito Foto: Marlon da Luz/ Gestão Ambiental TUSM


Mapa do Site

Fale Conosco

Fale conosco

Nome (obrigatório)

E-mail (obrigatório)

Mensagem