Enquete

O Grêmio escapa ou não do rebaixamento?

Ver resultado

Loading ... Loading ...

Previsão do Tempo


“Test drive” de profissões- Sérgio da Silva Almeida

10 de setembro de 2021 | Arquivado em Opinião | 25 views

Por saber que a escolha da profissão é uma decisão que deixa os jovens com a cabeça cheia de dúvidas e o coração angustiado, idealizei na cidade de Cachoeira do Sul – em parceria com a CACISC (Câmara de Comércio, Indústria e Serviços) e o Interact Club – o Projeto PDA – Profissional do Amanhã (O estudante de olho no seu futuro), que tem por objetivo colaborar para que o processo de escolha da carreira a seguir se torne mais leve. Vou explicar: Cada escola indicou quatro alunos do 2º ano do ensino médio e cada estudante, no dia 14, irá acompanhar um profissional em seu local de trabalho para ver de perto como se desenvolvem as rotinas da profissão. Após uma espécie de “test drive” profissional, os jovens participarão de um ato de entrega de certificados e responderão sobre dúvidas ou certezas com relação às profissões pretendidas.

Mas como nasceu em meu coração o PDA? Quando eu era criança, meu pais me presentearam com um vira-lata e batizei-o com o nome de Perigo. Acontece que um vizinho tinha um cão de nome Cuidado. Certa vez, o ouvi gritar: “Cuidado!”. Assustado, dei um passo para trás, e o homem, estalando os dedos e assobiando, chamou o cachorro: “Venha cá, Cuidado!”. Eu, aliviado, achei engraçado. E por amar meu pet, quando me perguntavam: “O que você quer ser quando crescer?”, eu respondia: “Veterinário!”. Entretanto, em um momento bobeira, Perigo foi abocanhado na cabeça por um cão maior e um de seus olhos saltou para fora. Meu pai o levou ao veterinário que, demonstrando aptidão em lidar com o trabalho sob pressão, aplicou anestesia no bichinho e recolocou o olho no lugar. E eu, enquanto assistia ao procedimento, tive a visão clara de que não nasci com vocação para a medicina veterinária.

Quando cresci, conheci pesquisas que mostram que metade dos estudantes do ensino médio não sabem qual carreira seguir – e que, por essa razão, uma vez no ensino superior, muitos deles perdem a motivação de estudar por não terem feito a escolha certa. Foi aí que nasceu a ideia de dar minha colaboração para a diminuição da evasão universitária. Como escreveu a atriz Fernanda Montenegro: “Se você exerce sua vocação, metade da sua vida está resolvida”.


Mapa do Site

Fale Conosco

Fale conosco

    Nome (obrigatório)

    E-mail (obrigatório)

    Mensagem