Enquete

Qual time Gaúcho fará melhor campanha no Brasileirão 2021

Ver resultado

Loading ... Loading ...

Previsão do Tempo


Secretaria da Saúde entrega equipamentos para abrir 35 novos leitos de UTI Covid no RS

22 de fevereiro de 2021 | Arquivado em Geral | 176 views

Num esforço para abrir novos leitos de UTI para pacientes Covid no Estado, a Secretaria da Saúde entregou, no final de semana, respiradores, monitores e camas para três hospitais gaúchos. O material entregue servirá para equipar e permitir a abertura de 35 novos leitos em Canoas, Sapucaia do Sul e Tramandaí. Com esse reforço, o número de leitos abertos pelo RS passa para 1.141. A taxa de ocupação geral dos leitos de UTI do RS neste domingo (21/2) era de 85,1%.

“A abertura destes leitos nesse momento, que é o mais crítico da pandemia, é uma ação importante para atender a população, mas é fundamental que as pessoas mantenham os cuidados, pois a capacidade hospitalar está no limite”, alertou a diretora do Departamento de Gestão da Atenção Especializada, Lisiane Wasem Fagundes.

Dos 35 leitos equipados, 15 já começaram a operar no próprio final de semana  – 10 no Hospital Municipal Getúlio Vargas, em Sapucaia do Sul, e cinco no Hospital de Tramandaí. Outros 20 serão abertos nesta segunda-feira (22/2) no Hospital Nossa Senhora das Graças, em Canoas.

“Passamos todo o final de semana fazendo contatos com hospitais para verificar a possibilidade de ampliar a rede. Outros leitos devem ser abertos durante a semana, mas é necessário que a população se proteja, porque o vírus é letal”, explicou a secretária da Saúde, Arita Bergmann.

No final de semana, foram entregues também cinco respiradores e cinco monitores para retaguarda de pacientes na emergência do Hospital São Camilo, de Esteio.

Ainda nesta segunda-feira, serão entregues mais 10 leitos UTI no Hospital São Francisco de Assis, em Parobé, e serão reabertos outros 10 no Hospital Berço Farroupilha, em Guaíba. Também serão entregues sete respiradores para suporte de emergência ao Hospital Bruno Born, em Lajeado, e enviados respiradores, monitores e camas para reabrir, na quarta (24/2), outros 10 leitos no Hospital São Vicente de Paulo, em Passo Fundo.

“O vírus não dá trégua. Enquanto não tivermos mais compromisso individual e coletivo para evitarmos aglomerações, a transmissão continua muito acelerada. Vivemos um momento crítico, muito preocupante, talvez o pior momento desde o início da pandemia, há quase um ano”, reforçou Arita.

Fonte: Ascom SES 


Mapa do Site

Fale Conosco

Fale conosco

    Nome (obrigatório)

    E-mail (obrigatório)

    Mensagem