Enquete

O Grêmio escapa ou não do rebaixamento?

Ver resultado

Loading ... Loading ...

Previsão do Tempo


Quer saber o seu futuro? Sérgio da Silva Almeida

5 de agosto de 2021 | Arquivado em Opinião | 39 views

Sérgio da Silva Almeida

Num certo dia do ano de 1994, um cliente me fez a seguinte pergunta: “Sérgio, você quer saber seu futuro?”. Rebati, curioso: “Não acredito nessas coisas, o futuro pertence a Deus, mas o que quer dizer com isso?”. Ele então me explicou: “Se você quer saber seu futuro, é simples… observe a pessoa que faz o mesmo que você, há mais tempo que você. Ele pode ser você amanhã!”.
Eu desenvolvia minhas atividades, havia cinco anos, em uma instituição financeira, cuja maior aspiração era chegar a um cargo de chefia. E quando aquele homem terminou de falar, meus olhos, rapidamente, fixados em meu chefe, enviaram para meu cérebro o case de sucesso daquele que era meu modelo de profissional: 17 anos de trabalho, e eu, 5. Faltavam 12! Um automóvel ano 1987, uma casa alugada pela organização, um altíssimo nível de estresse, intermináveis horas extras… Faltavam 12 anos para eu chegar onde ele chegou? Algo dentro de mim gritou: “Pare o mundo que eu quero descer…! Faltam 12 anos para eu sentar naquela cadeira…”. Fiquei tão chocado com o que senti que olhei para meu cliente e desabafei: “Estou “dando meu sangue” há cinco anos para chegar onde ele chegou… daqui há 12 anos! Eu não queria que fosse assim!”. Foi como se um resplendor de luz me cercasse, e tudo em que acreditei, confiei, desabou por terra. Naquele momento, tive um encontro pessoal com a “minha” realidade, e minha vida nunca mais foi a mesma.
Dois meses após esse episódio, eu estava fora daquele estabelecimento comercial. Desde então, tenho empreendido por contra própria, arriscando, ousando, engolindo as derrotas e não me conformando com menos do que ser um sonhador. Tenho sido a própria mudança que estava querendo criar. E quanto mais eu sonho e me esforço para alcançar as estrelas, mais me afasto da lama.
No fim das contas, essa experiência me ensinou que a vida sem visão é como o mar: consegue-se ver o início, mas não o fim. Portanto, se você quiser saber o seu futuro, observe a pessoa que faz o mesmo que você, há mais tempo que você. Ele pode ser você amanhã!


Mapa do Site

Fale Conosco

Fale conosco

    Nome (obrigatório)

    E-mail (obrigatório)

    Mensagem