Protocolo de intenções entre SEAPDR e Arco potencializará programa de certificação da lã gaúcha

8 de setembro de 2021 | Arquivado em Rural | 65 views

Parceria entre SEAPDR e Arco potencializará lã gaúcha – Foto: Evandro Oliveira

Um protocolo de intenções entre a Secretaria da Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural (SEAPDR) e a Associação Brasileira de Criadores de Ovinos (Arco) foi assinado nesta quarta-feira (8), durante a Expointer, com o objetivo de fomentar e fortalecer a ovinocultura no Rio Grande do Sul, especialmente para a produção de lã. O protocolo tem validade de três anos, podendo ser prorrogado.

“A lã gaúcha está indo para os quatro cantos do país e a meta é, em três anos, dobrarmos o número das matrizes no Rio Grande do Sul. Muito nos orgulha essa maravilha que é a ovelha gaúcha. Os produtores podem contar sempre com a sensibilidade, a responsabilidade e o trabalho da Secretaria da Agricultura”, disse a secretária Silvana Covatti.

O presidente da Arco, Edemundo Gressler, classificou como “histórico” o ato de assinatura do protocolo de intenções, que vai potencializar o Programa de Certificação da Lã Gaúcha da entidade. “O Rio Grande do Sul é o maior produtor de lã de ovinos no Brasil, e o lançamento de um programa de certificação demonstra a importância dos nossos produtores e a valorização da nossa lã”, pontuou.

Entre as ações que devem ser conduzidas pela parceria entre Secretaria e Arco, estão: fortalecer o “Selo Cordeiro Gaúcho”, do Programa de Desenvolvimento da Ovinocultura Gaúcha; qualificar o mercado interno da lã crua como matéria-prima; elevar o número de matrizes ovinas; transformar o Centro de Pesquisa da SEAPDR em Encruzilhada do Sul em centro de referência para aperfeiçoamento genético e pesquisa na área de ovinocultura; efetuar, em conjunto com a Secretaria da Fazenda e Subsecretaria da Receita Pública, análise que permita o resgate dos níveis de produção de mercadorias que tenham como insumo básico a fibra natural da lã; e adotar ações de defesa sanitária para qualificar os processos produtivos. Recursos do Fundovinos poderão ser acessados para a execução destes objetivos.

POR ELAINE PINTO.


Mapa do Site

Fale Conosco

Fale conosco

    Nome (obrigatório)

    E-mail (obrigatório)

    Mensagem