Na balada

Veja todas as notícias desta categoria


Colunistas


Enquete

Qual seu interesse e posição pelas eleições Municipais do ano que vem?

Ver resultado

Loading ... Loading ...

Previsão do Tempo


Projeto Saúde na Escola promove bate-papo sobre dependência química

12 de junho de 2019 | Arquivado em Geral | 50 views

Consultora terapêutica Maria Lúcia Ortiz conversou com jovens

O Projeto Saúde na Escola (PSE) – Sou Adolescente: cuido do corpo e do coração já está a todo o vapor. Na manhã desta quarta-feira, 12, estudantes de São Sepé participaram de um bate-papo com a consultora terapêutica em dependência química, Maria Lúcia do Nascimento Ortiz.

Em um espaço de descontração, eles conversaram sobre assuntos sérios: uso e abuso de drogas, vício, internação e as dificuldades enfrentadas por quem precisa se submeter ao tratamento para retomar a qualidade de vida. “Eu estava totalmente doente e não era só a minha vida que estava em risco. Era a vida dos outros também. Precisei de internação, pois ia acabar me machucando e machucando outras pessoas”, contou ela, que ficou 9 meses em uma clínica para dependentes.

Lançamento do conjunto de ações ocorreu na semana passada

O Projeto Saúde na Escola (PSE) – Sou Adolescente: cuido do corpo e do coração foi lançado na última sexta-feira, 7 de junho. A atividade ocorreu na Escola Municipal Maria José Valmarath e contou com a participação de professores, estudantes, autoridades e representantes de diferentes instituições.

Na oportunidade, o grupo gestor do PSE apresentou as ações que serão realizadas ao longo dos próximos meses com o objetivo de diminuir a violência, melhorar a qualidade de vida e a auto-estima dos jovens sepeenses. O secretário municipal de Saúde, Marcelo Ellwanger destacou aos presentes que o engajamento da comunidade é fundamental para o sucesso da iniciativa. “Precisamos de um pacto coletivo. Este projeto só vai funcionar se a sociedade se envolver”, evidenciou. Em sua fala, o prefeito Léo Girardello convocou os presentes para uma mudança de hábitos imediata. “Transformar o mundo é bacana, mas

vamos começar a revolução com hábitos simples. Nós temos que nos tornar cada vez mais responsáveis e pró-ativos. O chamamento que faço é como cidadão”, disse.

O ato de lançamento do projeto também teve um número artístico. O professor de teatro Deivide Millani interpretou o palhaço Jiló e interagiu com a plateia, arrancando muitas risadas dos presentes. Ao final da apresentação, ele destacou que o teatro é uma ferramenta capaz de promover mudanças. “Eu acredito no potencial da arte e a transformação que ela pode causar”, defendeu.

Saiba mais:

O Projeto Saúde na Escola – Sou adolescente: cuido do corpo e do coração é uma iniciativa que envolve as Secretarias de Saúde, Educação, Assistência e Esportes; a Fundação Cultural Afif Jorge Simões Filho, o Judiciário, o Legislativo e o Conselho Tutelar. Seu objetivo é reduzir a violência através da promoção da saúde, da educação, do fortalecimento de vínculos familiares e do convívio social.

Conheça o grupo gestor do PSE:

Sabrina Wegner Schroder – psicóloga

Luciane Brum – professora

Adriana Nascimento – psicóloga

João Azambuja – psicólogo


Mapa do Site

Fale Conosco

Fale conosco

Nome (obrigatório)

E-mail (obrigatório)

Mensagem