Enquete

Você acha que fechando o comércio resolve o problema do Covid-19?

Ver resultado

Loading ... Loading ...

Previsão do Tempo


Polícia Civil captura um dos criminosos mais procurados do RS

12 de março de 2021 | Arquivado em Polícia | 1.431 views

Um dos criminosos mais procurados e líder de uma facção criminosa gaúcha foi capturado pela Polícia Civil. O anúncio da prisão ocorreu na manhã desta sexta-feira. A detenção do foragido, de 28 anos, vulgo Tiago Pequeno, foi efetuada por agentes do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), junto com a DPHPP de Gravataí e a 3ª DPHPP de Porto Alegre, na noite de quinta-feira na praia de Itapema, no Litoral Norte de Santa Catarina.

Com cinco mandados de prisão em aberto e uma condenação, Tiago Pequeno estava em um imóvel de alto padrão situado de frente para o mar, na Meia Praia. Um veículo de luxo Mercedes-Benz GLA 200, usado por ele, foi apreendido, além de uma quantia em dinheiro. O criminoso estava na companhia de uma mulher no local, mas nenhum segurança dele estava junto no momento da ação policial.

“Este indivíduo é líder expressivo de uma das maiores organizações criminosas e o segundo na escala hierárquica da facção. Para nós era considerado o foragido número um do Estado. Ele era um dos únicos líderes de facção que ainda estava solto”, avaliou a diretora do DHPP, delegada Vanessa Pitrez, na manhã desta sexta-feira. 

Ela observou que foi “um trabalho exaustivo e minucioso da divisão de inteligência do DHPP” e que “não foi fácil encontrá-lo”. Além de Itapema, os policiais civis estiveram durante as investigações sobretudo em Capão da Canoa, Gravataí e Cachoeirinha. “Ele é de alta periculosidade e com grande poder econômico na estrutura da organização criminosa. Era procurado não apenas pelo DHPP, mas também pelo Denarc e Deic”, frisou a delegada Vanessa Pitrez.

Já o diretor da Divisão de Inteligência Policial e Análise Criminal do DPHPP, delegado Eibert Moreira Neto, agradeceu o apoio da Polícia Rodoviária Federal e Polícia de Civil de Santa Catarina. Ele destacou ainda que a prisão do foragido foi efetuada pelo delegado Ricardo Milesi, titular da DPHPP de Gravataí, que viajou para Itapema.

“No início deste ano, a investigação ganhou corpo o processo de localização de Tiago Pequeno e conseguimos apontar o imóvel que ele fazia uso em Itapema”, relatou o delegado Eibert Moreira Neto. “Na noite de quinta-feira tivemos a confirmação que o criminoso voltou para Itapema”, acrescentou.

Imóvel onde estava o bandido ficava de frente para o mar

Foto: Polícia Civil / Divulgação 

ANTECEDENTES

Conforme a Polícia Civil, Tiago Pequeno é investigado como coautor de 11 homicídios. Um dos crimes teve como vítima um empresário em 31 de novembro de 2019. A vítima foi executada por engano, com cerca de dez tiros, dentro do veículo na rua Bartolomeu Bernardi, no bairro Anchieta, em Porto Alegre.

O foragido está envolvido também em um ataque ocorrido na saída de uma casa noturna na avenida Sertório, quase esquina com a rua Voluntários da Pátria, no bairro Navegantes, na Capital, em 18 de abril de 2018. Duas pessoas foram mortas e outras três ficaram feridas na saída da festa. Uma das vítimas assassinadas ocupava cargo de liderança de um grupo rival.

Tiago Pequeno possui também mandado de prisão definitiva por furto a estabelecimento bancário, além de possuir dois mandados de prisão preventiva pela prática de homicídios cometidos em Porto Alegre. Além disso, o foragido foi indiciado pela participação no roubo a uma empresa de transporte de valores ocorrido no bairro São Geraldo, em 1º de abril de 2018. Na ocasião, ao menos cinco funcionários da empresa foram feitos de refém e foram levadas armas, coletes balísticos e dinheiro da sede da empresa.

O criminoso é irmão de um vereador eleito no último pleito eleitoral em Cachoeirinha, investigado pelo Ministério Público do Rio Grande do Sul, sob a suspeita de ter a sua campanha financiada pela facção.  


Mapa do Site

Fale Conosco

Fale conosco

Nome (obrigatório)

E-mail (obrigatório)

Mensagem