Enquete

Você acha que o Grêmio consegue esse ano o acesso a Série A?

Ver resultado

Loading ... Loading ...
SÃO SEPÉ Tempo

Os degraus de cima da escada- João Luiz Vargas

23 de fevereiro de 2022 | Arquivado em Opinião | 458 views

Se existem coisas que não me assustam são os degraus de cima da escada. E quando os uso para subir, faço com humildade, sem pisar nos outros, sem deixar de reconhecer o valor que cada pessoa tem, seja morador de um grande município, seja habitante das vilas afastadas do pago gaúcho. Estive hoje – pela primeira vez – na presença do presidente da Corsan, um homem que construiu sua vida de sucesso trabalhando em bancos no Brasil e no Exterior. Sua experiência é construir projetos que gerem lucro.

Aliás, com exceção dos bancos públicos, esse tipo de empresa não é de fazer caridade. Desde que assumi como prefeito, ano passado, tento agenda com Roberto Barbuti. Quero conhecê-lo melhor, saber o que pensa, quais são as suas ideias e de que jeito vê o grande desafio de universalizar o saneamento básico, serviço que deveria ser o foco da Corsan.

Hoje, quando fui falar na reunião das minhas contrariedades, o presidente cassou minha palavra e mandou eu silenciar. Dele tenho ouvido muito sobre números, investimentos e potencial financeiro que a Corsan dá ao Rio Grande do Sul. Pelo que ouvi hoje, não há Plano B. A única ideia é vender a empresa.

Apresentaram uma lista, em que municípios maiores são mais rentáveis economicamente, e estão em cima dessa escada que apenas para em pé se todos cumprirem com o que Barbuti combinou com o mercado financeiro.

Acontece que aqui, nos degraus de baixo, estão as pequenas comunidades do Rio Grande do Sul, que hoje sofrem com a sede da maior estiagem da história e logo ali, no amanhã, terão que pagar as maiores tarifas do Brasil. Pelos meus cálculos, o aumento será de, no mínimo, 40%.

A Corsan pública, arranjada com o subsídio cruzado, com dinheiro do orçamento do Estado para custear os investimentos das populações mais pobres, é a alternativa que defendo. Era isso que eu queria dizer, quando veio o recado do andar de cima para que eu me calasse. Quem vê o mundo pelo alto nunca conseguirá entender os sentimentos que me movem.


Mapa do Site

Fale Conosco

Fale conosco

    Nome (obrigatório)

    E-mail (obrigatório)

    Mensagem