Enquete

Qual seu interesse e posição pelas eleições Municipais do ano que vem?

Ver resultado

Loading ... Loading ...

Previsão do Tempo


O mundo está mudando… bem na nossa vez! – Sérgio da Silva Almeida

26 de setembro de 2019 | Arquivado em Opinião | 40 views

Um texto sobre o relacionamento entre pais e filhos que viralizou nas redes sociais nos leva a uma reflexão: “Os pais não precisam brincar. O celular faz isso. Os pais não precisam buscar nas festas. O Uber faz isso. Os pais não precisam cozinhar. O ifood faz isso. Os pais não precisam nem educar. A escola integral faz isso”.

Até pouco tempo, quando eu ouvia um sucesso dos anos 1980 e 1990, costumava dizer “essa é do meu tempo!”. Depois que li “O mundo mudou… bem na minha vez!”, de Dado Schneider, entendi que as músicas antigas que deixaram saudades não são “do meu tempo”, mas “do meu passado”, pois meu tempo é agora.

No livro, o autor prevê: “Seremos estudados no futuro como sendo os seres humanos que mais se adaptaram na história da humanidade”. É verdade! Sou da geração que colocava um Bombril na antena do televisor quando a imagem não estava nítida; que namorava – uma menina de cada vez e tinha que pedi-la aos pais em namoro –, noivava e casava; e que para melhorar o currículo precisava ser aprovado no curso de datilografia. E agora vivo num mundo que está mudando a uma velocidade tão grande que, às vezes, me sinto como sendo um cara “do passado” tentando encarar o fato de que o mundo mudou… bem na minha vez!

No passado, os jovens cediam o lugar no ônibus a uma pessoa mais velha. Hoje, quem usa transporte coletivo já cansou de ver idosos, gestantes, pessoas com deficiência ou com criança de colo entrarem no ônibus lotado e ninguém dar o lugar. No passado, o professor gritava “silêncio” na sala de aula e os alunos tinham de ficar quietos. Hoje, se ele fizer isso poderá ser alvo de zoações nas redes sociais. No passado, falar palavrões era falta de educação. Hoje, o uso do palavrão se tornou sofisticado e até fundamental para a inclusão social. No passado, os jovens se adaptavam ao mundo dos velhos. Hoje, os velhos é que tentam se adaptar ao mundo dos jovens. E mais: no passado, os mais velhos eram respeitados pela sua vivência e experiência. Hoje, para muitos jovens, “isso é coisa de velho”.

Sendo assim, se você, como eu, não foi preparado para tantas mudanças, é melhor achar o melhor jeito de lidar com a realidade, pois o mundo está mudando… bem na nossa vez!


Mapa do Site

Fale Conosco

Fale conosco

Nome (obrigatório)

E-mail (obrigatório)

Mensagem