Enquete

Você acha que o Grêmio consegue esse ano o acesso a Série A?

Ver resultado

Loading ... Loading ...
SÃO SEPÉ Tempo

Não deixe a vida passar- Sérgio da Silva Almeida

20 de janeiro de 2022 | Arquivado em Opinião | 78 views

Há uma frase que diz: “Se entendêssemos o quanto a vida é passageira, não a deixávamos passar.” Em meu livro Estudar Pode ser uma Festa, escrevi sobre o garoto que nasceu com uma doença que não tinha cura e que podia morrer a qualquer momento. Ele sempre viveu na casa de seus pais, sob o cuidado constante de sua mãe. Um dia, decidiu sair sozinho e, com a permissão de sua mãe, caminhou pelo bairro, olhando as vitrines. Ao cruzar por uma loja de CDs, notou uma garota, mais ou menos da sua idade, que parecia ser feita de ternura e beleza. Foi amor à primeira vista. Entrou timidamente, sem olhar para mais nada. Quando o viu, ela deu-lhe um sorriso: “Posso ajudá-lo?”. Era o sorriso mais lindo que ele já havia visto e a emoção foi tão forte que ele mal conseguiu dizer que queria comprar um CD.

Pegou o primeiro que encontrou, sem nem olhar de quem era, e disse: “Vou levar esse!”. “Quer que embrulhe?”, perguntou ela, sorrindo. Ele só mexeu com a cabeça para dizer que sim. Ela saiu e voltou, pouco depois, com o CD embalado. O garoto pegou o pacote e se despediu louco de vontade de ficar por ali.

Daquele dia em diante, todas as tardes ele voltava à loja e comprava um CD qualquer. Todas as vezes a garota fazia um embrulho, que ele guardava em seu quarto, sem abrir. Ele estava apaixonado, mas por mais que ela sempre o recebesse com um sorriso doce, não tinha coragem de convidá-la para dar uma volta e conversar.

Um dia, ele se encheu de coragem e foi à loja. Como todos os dias, comprou um CD e, como sempre, ela foi embrulhá-lo. E, quando ela não estava vendo, ele escondeu um papel com seu nome e telefone no balcão e saiu correndo. No dia seguinte, o telefone tocou e a mãe do jovem atendeu. Era a garota perguntando por ele. A mãe, desconsolada, começou a chorar e disse: “Então, você não sabe? Ele morreu ontem à noite”.

Mais tarde, a mãe entrou no quarto do filho e surpreendeu-se com a quantidade de CDs, todos embrulhados. Curiosa, abriu um deles. Ao fazê-lo, viu cair um bilhete, onde estava escrito: “Você é muito simpático, quer me convidar para sair? Eu adoraria!”. Emocionada, abriu os outros pacotes e deles também caíram papéis que diziam o mesmo.

Assim é a vida: não espere as condições perfeitas para fazer algo. A vida é passageira, não a deixe passar!


Mapa do Site

Fale Conosco

Fale conosco

    Nome (obrigatório)

    E-mail (obrigatório)

    Mensagem