Na balada

Veja todas as notícias desta categoria


Colunistas


Enquete

Você aposta na classificação dos times gaúchos na Libertadores 2020?

Ver resultado

Loading ... Loading ...

Previsão do Tempo


Morreu na noite desta quarta-feira, o tradicionalista Zeno Dias Chaves

11 de julho de 2019 | Arquivado em Geral | 213 views

Faleceu na noite desta quarta-feira, 10, aos 91 anos, um dos mais importantes tradicionalistas do RS, o Caçapavano Zeno Dias Chaves. Ele foi pecuarista, político, tradicionalista, historiador e escritor.

Figura ilustre em Caçapava do Sul, recebeu inúmeras homenagens no tradicionalismo devido a sua atuação na área, que envolveu pesquisas e palestras. Seu Zeno, como era conhecido, completaria 92 anos nesta sexta-feira, dia 12.

Em sua trajetória, desempenhou um papel importante na comunidade, passando pela política e cultura. Conforme pesquisa de Fátima Jovane Santos Nunes, realizada em maio de 2013, Zeno foi vereador, secretário de Município, diretor do Centro Municipal de Cultura, membro da Associação Rural e da Coopam, diretor regional da ABCCC e fundador do núcleo local. Também foi sócio fundador dos CTGs Sentinela dos Cerros, Clareira da Mata, Família Nativista, Pampa e Querência e Heróis do Seival, e dos piquetes Guarda Velha e Os Maragatos, além de outros departamentos tradicionalistas e estudantis em Caçapava e na região.

Na área tradicionalista também foi patrão, coordenador regional, conselheiro e presidente do MTG (Movimento Tradicionalista Gaúcho) e da Fundação Cultural Gaúcha, fundador, primeiro vice-presidente e patrono da Confederação Brasileira da Tradição Gaúcha, e  um dos fundadores da Confederação Internacional da Tradição, tendo participado da maioria dos congressos de tradição gaúcha a nível estadual, nacional e internacional.

Na área cultural, seu Zeno, como era chamado, foi patrono da 10ª Feira do Livro de Caçapava do Sul. Teve dois livros editados. Ministrou cursos sobre História e Tradição para alunos de escolas públicas e fez inúmeras palestras. Gravou seriados e documentários para emissoras de televisão, sempre falando sobre a história do Rio Grande do Sul e seus costumes.

Entre as inúmeras homenagens já recebidas destacam-se as comendas Charrua, Negrinho do Pastoreio, João de Barro, Bento Gonçalves e Barbosa Lessa, e vários títulos de Mérito Tradicionalista.

O corpo de Zeno Dias Chaves está sendo velado na funerária Barbosa e o enterro acontece nesta quinta-feira, as 14h, no cemitério do Seival.

Logo que foi confirmada a morte do historiador, as entidades sociais de Caçapava do Sul e tradicionalistas lamentaram a morte de Chaves nas redes sociais. 

No início da noite, o Patrão do CTG Sentinela dos Cerros, Flávio Barreiro, entrou em contato com a reportagem para se manifestar sobre a morte de Zeno. ” A comunidade gaúcha teve uma grande perda nessa noite, onde um dos ícones do tradicionalismo e da cultura do RS acabou falecendo. O  CTG Sentinela dos Cerros lamenta muito a morte do Seu Zeno e faremos homenagens para agradecer a um dos mais importantes personagens da história do nosso Estado e de Caçapava”, disse Barreiro.

Zeno era casado com Izaura Chaves e teve três filhos.

Fonte: Farrapo


Mapa do Site

Fale Conosco

Fale conosco

Nome (obrigatório)

E-mail (obrigatório)

Mensagem