Enquete

Qual time vai ser Campeão Gaúcho?

Ver resultado

Loading ... Loading ...

Previsão do Tempo


Lixeira que “corre atrás do lixo” – Sérgio Almeida

13 de dezembro de 2018 | Arquivado em Opinião | 45 views

 

Sérgio Almeida

Lixeira que “corre atrás do lixo”

Vandalismo é a ação de destruir ou danificar uma propriedade alheia de forma intencional, seja esta pública ou privada, e normalmente é cometido por alguém que se julga acima de qualquer juízo ético ou que não encontra outra forma de canalizar sua energia e agressividade. Este modo de expressão pode ter como objetivo chamar a atenção da sociedade e denota uma total carência de sentido da vida.

Além daqueles que cometem atos de vandalismo, há também outros que, sem respeito, educação e consciência ambiental, jogam lixo na rua. Dia desses, minha esposa Marta estava fazendo sua caminhada matinal pela orla da praia de Cabeçudas quando, de repente, viu três jovens, na maior zoeira, derramarem o conteúdo do saco de lixo do carro aos pés do gari que estava fazendo o trabalho de varrição da calçada. O azar deles é que, no exato momento, uma viatura policial estava passando pelo local. Os policiais o obrigaram a pedir desculpas ao gari, recolher o lixo e colocá-lo no lugar certo: na lixeira.

Outro dia, Marta viu um praieiro descartar propositadamente uma latinha de cerveja vazia na areia da praia. Ela, indignada, recolheu a lata e devolveu-a ao homem, dizendo: “O senhor deixou cair!”. Ele, vermelho de vergonha, pegou o objeto e o jogou no lugar certo: na lixeira.

Devido haver pessoas que não se sensibilizam sobre a importância de se “jogar limpo com a cidade”, mantendo-a bem cuidada e aprazível, um engenheiro no Japão criou uma lixeira inteligente capaz de correr atrás do lixo. Isso mesmo: um cesto que se move para pegar o lixo arremessado. O dispositivo é equipado com um sensor que detecta o objeto e envia a informação a um computador, via Wi-Fi, que calcula onde o resíduo vai cair e emite um comando para a lixeira: “Pega!”.

A lata de lixo inteligente ainda é um protótipo, mas, como diz o famoso ditado árabe, “Se a montanha não vai a Maomé, vai Maomé à montanha”, Se o lixo não vai à lixeira, o jeito é fazer a lixeira correr atrás do lixo.


Mapa do Site

Fale Conosco

Fale conosco

Nome (obrigatório)

E-mail (obrigatório)

Mensagem