Enquete

Você acha que o Grêmio consegue esse ano o acesso a Série A?

Ver resultado

Loading ... Loading ...
SÃO SEPÉ Tempo

Gosto de saudade com alegrias e tristezas – Sérgio da Silva Almeida

18 de novembro de 2021 | Arquivado em Opinião | 28 views

Quando estou em Cachoeira do Sul e ouço o tirintintim do triângulo do “encrenqueiro”, é sinal que lá vem “encrenca”. E o corre-corre começa. O José, de 15 anos, grita: “Pai, o ´tio da encrenca’ está passando. Corre lá!”. E a família se reúne para saborear a iguaria gastronômica mais famosa da cidade.

A encrenca é uma casquinha doce e crocante em forma de cone que desde a década de 1940 faz sucesso pelas ruas de Cachoeira. Comentários nas redes sociais mostram que a gulodice faz parte da memória afetiva dos cachoeirenses que moram fora. Janice Machado escreveu: “Moro em Lisboa e nunca me esqueci do delicioso sabor”. Sônia Kunde comentou: “Está em minha família há quatro gerações. Quando vou a Cachoeira sempre compro para meus netos”. E, conforme Marcelo Fabiano Lara Cardoso, até o jornalista Alexandre Garcia, que é nascido em Cachoeira, é apaixonado pela delícia: “Já li em sua coluna que sempre que visita a cidade gosta de degustar”.

Na página quatro do meu gibi “O esquisito da Praça da Caixa D’água” há uma ilustração feita pelo desenhista Jader Corrêa onde aparece Tarzan, o mais famoso “tio da encrenca”, carregando um tambor nos ombros. Carlos Jaci Lucas, o Tarzan, faleceu em 2019, e, desde então, a imagem volta e meia é compartilhada nas redes sociais. E agora, além de ilustrar a foto do perfil da página Encrencas Cachoeira no Facebook, também pode ser vista nos tambores dos “encrenqueiros” (foto).

Então, querido leitor, quando fizer uma visita à capital nacional do arroz, não deixe de experimentar a iguaria gastronômica mais famosa – e gostosa – da cidade. E quando retornares à sua cidade, certamente lembrarás da frase poética que Anderson Luis da Rosa postou em sua página no Facebook: “Encrenca não é só uma casquinha. É um gosto de saudade com alegrias e tristezas”.


Mapa do Site

Fale Conosco

Fale conosco

    Nome (obrigatório)

    E-mail (obrigatório)

    Mensagem