Enquete

Você aposta na classificação dos times gaúchos na Libertadores 2020?

Ver resultado

Loading ... Loading ...

Previsão do Tempo


Em Plenário – 5 de outubro- Luís Garcia

5 de outubro de 2018 | Arquivado em Opinião | 130 views

 

Luís Garcia

 

“Lendas não morrem”:

Que a morte é inevitável a gente sabe, mas nem sempre as pessoas estão preparadas para lidar com esse fato.

Essa semana morreu uma das figuras mais importantes e queridas do esporte de São Sepé, o Cláudio Motta Cunha, conhecido por Tio Cunha.

Tio Cunha, era um amante do esporte, foi jogador, dirigente de clube, árbitro, dirigente de entidades organizadoras do esporte, como Liga Sepeense de Futsal e Futebol de Campo. Integrou o Conselho Municipal de Esportes e dedicou a sua vida ao esporte local. Teve como marca, cuidar do placar de jogos nos campeonatos de futsal, desde os tempos em que era disputados na Liga Operária, Quadra do CESS e por fim no Ginásio de Esportes. A atual gestão do esporte de São Sepé, através da Secretaria de Esportes e Lazer, em homenagem ao Tio Cunha, colocou o seu nome no placar eletrônico no Ginásio Municipal.

Conhecido por “ Zé das Medalhas”, Tio Cunha tinha por hábito homenagear pessoas ligadas aos mais diversos segmentos da comunidade com uma medalha.

Era também um apaixonado por carnaval e foi um dos fundados do bloco “ Canela de Zebu”. Tem material editado contando a história do futebol de São Sepé. Atuou como colunista em jornais e rádios da cidade.

São Sepé perde uma “ lenda do esporte”, no entanto sua marca, dedicação e amor pelo esporte, fica eternizada. Dizem que Lendas não morrem, lendas deixam para nós heranças e o Tio Cunha deixou a sua bonita e importante história para nós.

 

Está em suas mãos: Finalmente está chegando o grande dia da eleição. Desde os primeiros escândalos da política nacional, muita gente se desencantou com a classe política e nem quer ouvir falar em eleição.

A campanha eleitoral foi mais curta, diferente e a impressão que ficou é que os candidatos importunaram menos o povo. Apesar dessa desilusão, chegou o grande momento do voto e até quem já andava enojado dos políticos já fala em votar.

Não esqueça que você pode mudar o nosso país e o voto é seu! A hora é agora, porque o que precisamos está em nossas mãos, não adianta ficar mais quatro anos chorando e reclamando dos corruptos.

Independente de sua ideologia ou partido, há pessoas comprometidas em fazer a política séria, portanto está nas suas mãos a decisão de escolher os melhores.

Vá as urnas, vote, exerça seu direito de cidadão, afinal o voto é a sua grande arma.

 

Para refletir: Não basta ‘ir às ruas’, é preciso aprender a votar, a debater, a deliberar em prol do futuro do país… democracia precisa de bem mais do que ‘torcida’ pró e contra, precisa de cidadania inteligente para que os políticos também se tornem inteligentes. (Julio Zabatiero)

 

 


Mapa do Site

Fale Conosco

Fale conosco

Nome (obrigatório)

E-mail (obrigatório)

Mensagem