Enquete

Qual seu interesse e posição pelas eleições Municipais do ano que vem?

Ver resultado

Loading ... Loading ...

Previsão do Tempo


Em Penário 22 de setembro – Luís Garcia

26 de setembro de 2018 | Arquivado em Em Plenário, Geral, Opinião | 57 views

Luís Garcia

Tentando evitar despejo: O Executivo Municipal segue esperneando na tentativa de manter a unidade de saúde no do prédio que pertence ao INSS, localizado na Rua Cicero Brenner, esquina com a Osvaldo Aranha. O prefeito já foi notificado para que desocupe o prédio e a qualquer momento pode haver um despejo.

Há quatro anos o prefeito Léo vem lutando para comprar o prédio, mas o valor proposto pela direção do INSS  foi considerado muito alto.

Diante do impasse, uma contra proposta foi encaminhada pelo Executivo, que aguarda por um desfecho favorável.

O prefeito já afundou o calçamento de Brasília em busca de uma solução e tenta convencer os dirigentes do INSS, a reduzir os custos, ainda mais que o terreno foi doado pelo município  para atender a comunidade com a unidade do INSS que hoje não existe mais em São Sepé.

A ideia direção do INSS é ter o prédio de volta para leiloar, mas enquanto isso não acontece, corremos o risco, se o prédio foi devolvido, de ver tudo aquilo se deteriorando, como tantos prédios públicos espalhados pelo Brasil a fora.

A luta continua, mas a qualquer momento pode ocorrer o despejo, o que convenhamos é uma incoerência, afinal o prédio foi construído com dinheiro do povo, que como sempre acaba pagando a conta até da intransigência e falta de sensibilidade de gente que não tira a “ bunda” da cadeira e governa de um gabinete. Esse é nosso Brasil, talvez um dia as coisas mudem afinal a esperança é a última que morre.

Preocupante: São Sepé poderá perder 5 milhões nos próximos dois anos do repasse do Fundo de Participação dos Municípios, o FPM.

O fato é grave, tanto que o Executivo Municipal essa semana acampou na sede do IBGE em Porto Alegre, tentando reverter a situação.

Mesmo sem realizar um novo censo, o IBGE, por decisão técnica, disse que São Sepé tem 83 pessoas a menos. E essa pequena redução, volto a dizer, baseada em decisão técnica baixaram o índice do FPM de 1.4 para 1.2, reduzindo o repasse anual em mais de 2 milhões. Se isso se concretizar, será um desastre para os cofres do município.

Na reunião em Porto Alegre o prefeito apresentou um vasto relatório, comprovando que não tem como ter havido redução de pessoas. O prefeito argumenta que desde o último censo, foram realizadas 951 ligações novas de água, 304 registros de propriedades rurais, 747 novas empresas e abertos onze novos loteamentos, que São Sepé teve um crescimento econômico de 4.8, a produção de soja passou de 24 mil hectares em 2007 para 60 mil em 2017, por tanto como que teria diminuído o número de pessoas?

A decisão do IBGE não atingiu somente São Sepé e pegou muitos prefeitos de surpresa, entre eles, o da cidade de Agudo. Os gestores municipais com apoio da FAMURS estão preparando uma grande ação jurídica, a fim de reverter caso. Essa ação será protocolada na Justiça Federal em Santa Maria, em Brasília e enviada ao Tribunal de Contas da União.

Aguardemos pelos próximos capítulos, louvando a Deus que alguma mente se ilumine e veja que sem ter havido o Censo, como se diz na esfera jurídica: Na dúvida, sentença pró-réu.

Acampamento Farroupilha: Este ano não tivemos a montagem de estruturas do Acampamento Farroupilha no centro da cidade, tudo em razão dos altos custos e pelo fato de que o município estar adquirindo em definitivo, duas pirâmides de lonas que vão diminuir consideravelmente os custos com os próximos eventos.

O Acampamento Farroupilha desse ano acabou sendo acolhido pelo CTG Ronda Crioula, mas não teve o mesmo interesse de algumas entidades, nem a grande participação do público. Como foi uma situação transitória, estaremos em 2019 retornando ao centro da cidade, se assim as Entidades Tradicionalistas desejarem.

No entanto, a Fundação Cultural, Prefeitura Municipal e Sub Coordenadoria, compartilham da mesma ideia desde 2015 de que o Acampamento Farroupilha deveria ser em outro local, talvez no estacionamento do Ginásio Municipal, porém até hoje isso não ocorreu pela falta de uma melhor infraestrutura naquele local e pela resistência de alguns tradicionalistas.

Quem sabe para a próxima Semana Farroupilha isso se concretize.  Destaco essa proposta porque já andei ouvindo que tem representante do povo no Legislativo, querendo copiar a ideia e elaborar um projeto e assim, ser o pai ou quem sabe a mãe da criança.

Por fim, entendo que toda ajuda é bem vinda, quanto mais gente para conceber e cuidar do filho, melhor.

Para Refletir: “Muitos temem falar a verdade com medo de perder. Então perdem a paz temendo o momento em que a verdade chegará”. (Silvia Russo).

 

 


Mapa do Site

Fale Conosco

Fale conosco

Nome (obrigatório)

E-mail (obrigatório)

Mensagem