Enquete

Qual time gaúcho tem mais chances de ser campeão do Brasil?

Ver resultado

Loading ... Loading ...

Previsão do Tempo


Em dia histórico, Usina Termelétrica de São Sepé é oficialmente inaugurada

18 de dezembro de 2018 | Arquivado em Geral | 463 views

.

Na cerimônia de inauguração da Usina Termelétrica de São Sepé participaram aproximadamente 500 pessoas, entre autoridades e populares.

Projeto de várias mãos, tomou forma e virou realidade a Usina Termelétrica São Sepé. O empreendimento recebeu investimento total de R$ 60 milhões e tem potência instalada de 8 MW com capacidade de gerar 56 milhões de kW/h/ano a partir da queima da casca de arroz. Conforme a média de consumo das residências do Brasil, é energia suficiente para atender até 120 mil pessoas.

A casca de arroz será fornecida por empresas de oito municípios da região de São Sepé. Por ano as arrozeiras devem entregar 70 mil toneladas para gerar energia. A instalação da usina vai ajudar no destino da casca de arroz, pois, por ser abundante na região gera um passivo ambiental devido à demora para se decompor no meio ambiente. A cinza resultante da queima também terá um destino correto, será utilizada na produção de cal mista por uma empresa calcário da região.

Durante o período de construção foram gerados 500 postos de trabalho. A partir da entrada em operação serão 32 trabalhadores diretos e indiretos. No final de novembro a usina recebeu as autorizações da Aneel e ONS para entrar em teste e conectar-se ao sistema interligado nacional. A entrada em operação comercial está prevista para 1° de janeiro de 2019.

A energia gerada pela usina foi vendida em leilão por um período de 20 anos. Os compradores são 28 distribuidoras de todo o país, dentre elas: RGE, AES/Sul, CEEE, Celesc, Copel, Eletropaulo, Cemig, Ampla e Light. Embora a energia seja lançada no sistema interligado nacional, fisicamente o consumo dessa energia será local, pois estará disponível no sistema elétrico regional a partir da subestação Formigueiro.

O empreendimento tem como acionistas as cooperativas Creral de Erechim e Ceriluz de Ijuí, e mais as empresas: Erechim Energia, BR Energia de Porto Alegre, Minozzo Participações de Nova Prata e Energia 203 de Santa Maria.

 

Diretor-presidente da Creral, Alderi do Prado

 

O Prefeito de São Sepé, disse que “Estamos num dia de muita felicidade, pois a usina vem nos trazer emprego, dignidade, oportunidade de trabalho para as pessoas, desenvolvimento, e o principal de tudo, o local adequado para o descarte das cascas de arroz, que até então eram largadas no meio ambiente. Daremos o destino correto, com geração de energia limpa, biomassa, energia renovável e também buscaremos o crédito de carbono junto a comunidade europeia”, afirma Léo Girardello.

 

O Secretário de Agricultura, Pecuária e Irrigação, Odacir Klein

O secretário da Agricultura, Pecuária e Irrigação, Odacir Klein, que representou no ato o governador do Estado, José Ivo Sartori, ressaltou a importância do empreendimento na promoção do desenvolvimento econômico com geração de empregos, de renda e de tributos, não apenas para o município de São Sepé, mas para toda região.

“Este empreendimento tem total agregação de valor, desde a entrada da casca de arroz para gerar energia até a saída do resíduo final, que são as cinzas, para serem aproveitadas como insumos para a área de agricultura. Tudo isto é resultado de criatividade e inovação utilizando fonte de energia renovável”.

 

 

Solenidade

Dois momentos marcaram a entrega oficial do empreendimento em São Sepé. Primeiro, autoridades, associados, empresários e investidores participaram de uma pequena visita e descerramento da fita na sede da usina. Depois, a confraternização aconteceu no CTG Índio Sepé.

O diretor-presidente da Creral, Alderi do Prado, fez uma apresentação do histórico da termelétrica. Ele enfatizou a parceria desde as primeiras reuniões, em 2013. O prefeito de São Sepé, Léo Girardello, comemorou a instalação da usina recordando os desafios e salientando que os agentes políticos precisam de união para fomentar o desenvolvimento da região central do RS.

Já o presidente da Cotrisel, José Paulo Salerno, falou em nome dos demais fornecedores da matéria-prima e destacou que eles são parceiros para projetos que venham a se somar na região.

O Secretário de Agricultura, Pecuária e Irrigação, Odacir Klein, representou o governador José Ivo Sartori. Klein disse que o projeto da usina é exemplo de como a integração pode gerar resultados para a economia.

Estiveram presentes no evento diversos prefeitos da região, o secretário adjunto de Minas e Energia, Eudo Callegaro Tambara; o presidente da Câmara Municipal, vereador Janir Machado; cooperativas investidoras do projeto; fornecedores da casca de arroz; compradores de energia; o superintendente da Agência do BRDE do RS, Maurício Mocelin; representantes do BNDES além de autoridades locais e da região.

 

UTE SÃO SEPÉ
Investidores:

CRERAL – Cooperativa de Geração de Energia e Desenvolvimento, de Erechim;

CERILUZ – Cooperativa de Geração de Energia e Desenvolvimento Social, de Ijuí;

BR ENERGIA – de Porto Alegre;

ERECHIM ENERGIA – de Erechim;

MINOZZO PARTICIPAÇÕES – de Nova Prata;

ENERGIA 203 – de Santa Maria

Investimento total: R$ 60 milhões
Potência Instalada – 8 MW
Geração de energia – 56 milhões kWh/ano (energia suficiente para atender 30 mil residências ou uma cidade de 120 mil habitantes).
Compradores da energia – a energia foi vendida em leilão para 28 empresas distribuidoras de todos o país, dentre elas: RGE, AES/Sul, CEEE, Celesc, Copel, Eletropaulo, Cemig, Ampla e Light.
Casca de arroz – 70 mil toneladas/ano
Empresas fornecedoras da casca – Cotrisel, Cotrisul, Arrozeira Sepeense, Moinho Sepeense, Cereais Peger, F. Doto & Cia, Pagliarin & Cia.
Municípios de origem da casca – São Sepé, Formigueiro, Caçapava do Sul, Mata, Restinga Seca, Vila Nova do Sul, São Pedro do Sul e São João do Polêsine.
Cinza – 15 mil toneladas/ano que será usada na produção de cal mista pela empresa Cal  Fida, de Caçapava do Sul).
Transporte da Casca: 20 cargas/dia transportadas em carretas com capacidade de 100m³.
Empregos – 32 postos de trabalho.

 

 

 

* Com informações da Prefeitura Municipal de São Sepé

Fotos: Débora Halberstadt (Jornal do Garcia)


Mapa do Site

Fale Conosco

Fale conosco

Nome (obrigatório)

E-mail (obrigatório)

Mensagem