Enquete

Você acha que o Grêmio consegue esse ano o acesso a Série A?

Ver resultado

Loading ... Loading ...
SÃO SEPÉ Tempo

DEZmiolados- Sérgio da Silva Almeida

1 de dezembro de 2021 | Arquivado em Opinião | 38 views

Em 2018, durante a 34ª Feira do Livro de Cachoeira do Sul, da qual fui patrono, adquiri a coletânea “DEZmiolados” Cachoeira do Sul, livro de crônicas com 10 autores cachoeirenses. E degustei cada página desejando que não tivesse fim.

Dentre os contos baseados em fatos reais, me emocionei ao ler “Infância: datas comemorativas”, de Mara Garin, onde a autora conta sobre as madrugadas que ouvia o tec-tec-tec da máquina de costura de sua mãe: “Aquele quarto era um santuário encantado, um mundo inteiro de possibilidades e um lugar que devorava mães, pois a minha, nas datas comemorativas, sumia por dias dentro dele, entre tecidos, fitas, rendas, linhas, zíperes, elásticos, botões e moldes”.

E me diverti com “A máquina da dona Helena”, de Cleiton Santos, onde o autor relata sobre o dia em que Mozart Machado, motorista da empresa, lhe pediu ajuda: “A dona Helena me mandou pegar uma máquina! Tu me dá uma mão pra carregar?”. “Que máquina é essa?”, perguntou Cleiton. “Uma Penálvo!”, respondeu. “Pentax?”. “Não, Penálvo!”. “Mas é máquina de que isso?”, perguntou Cleiton, encucado. “Não sei, mas ela disse que é pesada!”, respondeu o motorista.

Quando chegaram no local, o Mozart estacionou a camioneta de ré, abriu a tampa traseira e estendeu a lona e as cordas. A dona da tal “Penálvo” apareceu e entregou algo na mão dele, que retornou com “a cara de cachorro que lambeu graxa”. Cleiton perguntou: “Tá Mozart, cadê a máquina?”. “Tão dando a segunda demão”, ele respondeu. E voltaram para a sede da empresa. A dona Helena apareceu: “Até que enfim, Mozart. Faz três horas que saiu para pegar um pen drive”. E olhando para Cleiton, emendou: “As fotos são pesadas para mandar pela internet!”.

Ao finalizar a leitura da obra, me deu uma vontade louca de fazer parte dos próximos volumes. E não é que, na semana, recebi convite de Auber Lopes de Almeida, coordenador editorial do projeto? E aceitei na hora! Agora posso dizer que faço parte dos “DEZmiolados”.


Mapa do Site

Fale Conosco

Fale conosco

    Nome (obrigatório)

    E-mail (obrigatório)

    Mensagem