Enquete

Você acha que o Grêmio consegue esse ano o acesso a Série A?

Ver resultado

Loading ... Loading ...
SÃO SEPÉ Tempo

Como eles conseguem? Sérgio da Silva Almeida

9 de março de 2022 | Arquivado em Opinião | 28 views

De acordo com a última contagem populacional, o Brasil possui 24 mil pessoas com mais de 100 anos de idade. E como a expectativa de vida do brasileiro vem crescendo, a projeção da ONU é que daqui a 80 anos, ou seja, lá pelo ano 2100, o Brasil tenha 1,5 milhão de idosos centenários.

Certa vez, alguém me disse: “Eu não quero envelhecer, mas também não quero morrer novo!”. Hein? Como assim? O envelhecimento é um processo natural da vida e a única maneira de não envelhecer é morrer jovem. Por essa razão, Albert Camus disse: “Não entendo isso dos anos: que, todavia, é bom vivê-los, mas não tê-los. Envelhecer é o único meio de viver muito tempo”.

Mesmo ainda existindo perguntas sem respostas na biologia do envelhecimento, especialistas afirmam que reconhecer o processo natural da velhice torna a vida mais leve e mais proveitosa. Em seu livro “A psicologia do envelhecimento”, Ian Stuart-Hamilton assinala: “Todas as pessoas mais velhas são sobreviventes: esse é o prêmio que nem todos os seus detratores mais jovens viverão o suficiente para receber”. Em outras palavras, viver com sabedoria é entender que tudo passa com o tempo e há um tempo para tudo. O teólogo Ricardo Godim escreveu: “Contei meus anos e descobri que terei menos tempo para viver do que já tive até agora. Tenho muito mais passado do que futuro. Sinto-me como aquele menino que recebeu uma bacia de jabuticabas. As primeiras, ele chupou displicentemente, mas, percebendo que faltam poucas, rói o caroço”.

Alguns jornais costumam publicar os nomes dos novos sócios do Clube dos Centenários. Eu leio e fico pensando: “Como eles conseguem?”. E logo me vem à memória a história de quando alguém perguntou a Galileu Galilei: “Quantos anos o senhor tem?”. E o físico respondeu: “Tenho, na verdade, os anos que me restam de vida, porque os já vividos não os tenho mais”.

Seria esse o segredo para chegar aos 100 anos com saúde e disposição? Não ligar para os anos que já vivemos, mas olhar com entusiasmo para os anos que ainda temos pela frente?


Mapa do Site

Fale Conosco

Fale conosco

    Nome (obrigatório)

    E-mail (obrigatório)

    Mensagem