Enquete

Qual time gaúcho tem mais chances de ser campeão do Brasil?

Ver resultado

Loading ... Loading ...

Previsão do Tempo


Audiência debateu Mobilidade Urbana em São Sepé

21 de fevereiro de 2016 | Arquivado em Geral | 135 views

A realização de uma audiência sobre a atual fase do processo de construção do Plano de Mobilidade Urbana de São Sepé, reuniu autoridades, lideranças da comunidade e moradores do município, no Salão Comunitário do Bairro Pontes, na última semana. Eles puderam presenciar a apresentação dos primeiros resultados a partir da análise do trânsito de pessoas, veículos e mercadorias.

O arquiteto e mestre em planejamento urbano, Marcelo Heck, apresentou algumas sugestões para que a cidade possa comportar de forma mais satisfatória a circulação diária da população. Um dos pontos bastante abordado foi o do transporte público. De acordo com Heck, um trajeto mais abrangente e com horários e pontos melhores definidos pode estimular a população a usar o serviço. “Os números mostram que São Sepé teve um crescimento bastante considerável de veículos nos últimos anos. Isto impacta diretamente no dia a dia. O Plano de Mobilidade vai responder estas questões, sugerindo quais as medidas podem ser feitas em relação sinalização, estacionamentos, etc, mas uma das coisas que já percebemos é que o transporte público pode ser melhor explorado nesse sentido, sendo assim interessante ao uso da comunidade”, exemplificou.

Apesar do estudo ser ainda prévio e haver a possibilidade de alteração, a equipe da empresa Urbana (vencedora da licitação do PlanMob) sugeriu uma nova organização das vias da cidade. “Em nossos estudos percebemos que o centro é muito priorizado, o que é de certa forma natural, mas ao traçar melhor as vias podemos deixar o fluxo mais dinâmico. Em termos técnicos, a sugestão demonstra que ao invés de poucas vias arteriais (termo técnico para trechos principais), seria possível dividir o município em frações maiores onde haveriam vias arteriais (principais, onde circulariam também os ônibus, por exemplo), vias coletoras, que fariam a ligação entre as arteriais, e, por fim, as vias locais, que dão acesso a lugares específicos. “Dessa forma a cidade passaria a ter uma nova divisão e o poder público pode passar a analisar essa delimitação para buscar recursos que serão investidos”, frisou Marcelo. Temas como a pavimentação de asfalto também foram debatidos. “É uma ideia para as vias principais, mas a questão do asfalto também deve ser debatida porque torna o solo menos permeável e facilita pontos de alagamento, por exemplo. Porém, será um tema abordado no PlanMob”, disse.

Nas próximas semanas, equipes da empresa e do Executivo devem percorrer as ruas da cidade para analisar se a delimitação proposta pode ser levada adiante. Antes de aprovado, o Plano de Mobilidade Urbana ainda será levado mais uma vez para apreciação da comunidade.

Hierarquia-Viária-Atual-

Audiência foi no bairro Pontes

Audiência foi no bairro Pontes


Mapa do Site

Fale Conosco

Fale conosco

Nome (obrigatório)

E-mail (obrigatório)

Mensagem