Enquete

Seu décimo terceiro vai servir para que?

Ver resultado

Loading ... Loading ...

Previsão do Tempo


A Semana Santa na Paróquia Nossa Senhora das Mercês

24 de março de 2016 | Arquivado em Geral, Religião | 435 views

A Paróquia Nossa Senhora das Mercês de São Sepé intensifica os preparativos para a programação da Semana Santa. Segundo o Padre Gerson Gonçalves, a  programação da Semana Santa tem, nesta quinta-feira, 24 de março, às 19h, Missa de Lava Pés com a instituição da Eucaristia e às 20h30,  Início da Adoração ao Santíssimo Sacramento durante a noite.

Na sexta-feira Santa, a partir das 8h, confissões na Igreja Matriz e às 15h, Oração Universal e Adoração da Santa Cruz na Igreja Matriz. Às 20h, Procissão Luminosa de Jesus Morto. O padre Gerson pede que os fiéis levem velas para a procissão e que, em caso de chuva, haverá orações na Igreja Matriz.

No Sábado de Aleluia, às 19h,  haverá missa com benção do fogo e benção da água. No domingo de Páscoa, às 9h Missa da Ressurreição. “Iniciamos com o Domingo de Ramos, mais uma Semana Santa, com a entrada triunfal de Jesus na cidade de Jerusalém. Aí começa uma nova fase na história do povo de Israel, quando todos se voltam para a cena da Paixão, Morte e Ressurreição de Jesus Cristo”, diz o padre Gerson Gonçalves, em sua mensagem.

“A Semana Santa deve ser um tempo de recolhimento, interiorização e abertura do coração e da mente para o Deus da vida. Significa fazer uma parada para reflexão e reconstrução da espiritualidade, essencial para o equilíbrio emocional e a segurança no caminho natural da história de vida com mais objetividade e firmeza”, orienta o pároco.

Ainda, em sua mensagem, o padre Gerson diz que as dificuldades encontradas não são fracasso nem caminho sem saída; elas nos levam a firmar a esperança na luta por uma vida sem obstáculos intransponíveis. Foi o que aconteceu com Cristo, no trajeto da Paixão, culminando com Sua morte na cruz. Em todo o caminho, Ele passou por diversos atos de humilhação”, lembra.

Nas palavras do padre, na Semana Santa, devemos associar ao sofrimento de Cristo o mesmo que acontece com tantas famílias e pessoas violentadas em nosso tempo. Podemos dizer da violência armada, dos trágicos acidentes de trânsito, das doenças que causam morte, do surto da dengue, dos vícios que ceifam muita gente. “Devemos aprender com Jesus e olhar a vida de forma positiva, sabendo que seu destino é projetado para a eternidade em Deus”, finaliza.

 

.

.

 


Mapa do Site

Fale Conosco

Fale conosco

Nome (obrigatório)

E-mail (obrigatório)

Mensagem