Enquete

Você concorda que o comércio volte a funcionar em São Sepé?

Ver resultado

Loading ... Loading ...

Previsão do Tempo


Ajudar quem precisa, é empresta a Deus- Sérgio da Silva Almeida

16 de março de 2020 | Arquivado em Opinião | 32 views

Eu aderi a campanha para ajudar o desportista cachoeirense João Carlos Silva, conhecido no meio futebolístico como Discoteca. Cachoeira do Sul está mobilizada e, além de doações em dinheiro, já foram promovidos futebol solidário e sorteio de camisetas da dupla Gre-nal. O ex-roupeiro do GE São José, campeão da Segunda Divisão do Campeonato Gaúcho em 2002, contraiu uma bactéria na uretra e precisa de grana para a cirurgia e o tratamento.

Conheci Discoteca – apelido que ganhou por acompanhar sua mãe aos bailes quando criança. Ele relembra: “Eu ia agarrado à saia dela” – em 1993, quando eu vestia as cores vermelha e branca do Zequinha e ele desempenhava a função de gandula e maqueiro.

Sempre colaborativo, Discoteca era um personagem coadjuvante, mas indispensável para o andamento dos jogos. Desventuradamente, hoje ele é mais um brasileiro que, devido a um sistema público de saúde falido, se vê jogado à própria sorte e precisa de ajuda.

Por já ter passado por momentos de dificuldades financeiras e sempre ter encontrado alguém que me estendesse à mão, eu aprendi a não dar as costas aos que precisam de ajuda. E não acho que preciso esperar ficar rico para ajudar alguém. Como a história que – independentemente de ser verdadeira ou fake news – rola na internet: perguntaram a Bill Gates: “Há alguém no mundo mais rico do que você?”. O bilionário respondeu: “Sim.

No tempo em que eu não era rico, queria comprar o jornal, mas não tinha dinheiro. Então o vendedor disse: ‘Pode levar, estou te dando’. Diante da sua insistência, levei o jornal. Depois de alguns anos eu me tornei rico e conhecido mundialmente. E, ao reencontrá-lo, indaguei: ‘Você me conhece?’. Ele disse: ‘Você é Bill Gates’. Perguntei: ‘Lembra da vez que me deu o jornal grátis?’.

O homem respondeu que sim. Eu propus: ‘Quero pagar a sua ajuda. O que quiser, diga-me, eu dou’. O vendedor rebateu: ‘Senhor Bill, acredite que ao fazer isso não poderá igualar a minha ajuda!’. Eu questionei: ‘Por quê?’. Ele respondeu: ‘Te ajudei quando eu era um pobre vendedor de jornais e agora você está tentando me ajudar quando se tornou o homem mais rico do mundo. Como pode sua ajuda igualar a minha?’”.

Sendo assim, rico é quem possui um coração rico. Então, se Deus tocar seu coração, faça sua doação (CEF 0459 – 00031328-3). Plagiando um adágio popular: ajudar quem precisa, é empresta a Deus. 


Mapa do Site

Fale Conosco

Fale conosco

Nome (obrigatório)

E-mail (obrigatório)

Mensagem